Museus e Arte

Retrato de A.S. Pushkina, Kiprensky - descrição

Retrato de A.S. Pushkina, Kiprensky - descrição

Retrato de A.S. 63 x 54 cm

Este retrato do grande poeta russo é claramente considerado uma das melhores imagens da vida. Um encanto e atratividade especiais são dados a ele pelo fato de o artista sempre pintar suas pinturas apenas da natureza; portanto, a precisão da imagem pode ser totalmente confiável. Além disso, o mestre é considerado o melhor pintor de retratos russo da época, com uma habilidade incrível reproduzindo não apenas os mínimos detalhes, mas também transmitindo habilmente as experiências emocionais do personagem.

A pintura foi encomendada pelo amigo mais próximo de Pushkin, o famoso poeta Anton Delvig, apenas três anos antes de sua morte prematura. Ele insistiu que ao fundo aparecesse a imagem de Muse na forma de uma pequena estátua antiga de bronze segurando uma lira nas mãos. Essa referência à ocupação de Pushkin pretende sugerir que na pintura o poeta é retratado no processo de criação, imerso em sua própria consciência quando foi visitado pela musa. Mais na tela, não há um único detalhe que distraia a atenção do público da face inspirada do poeta.

O fundo é um pano de fundo marrom dourado, razoavelmente brilhante, que ilumina levemente a cabeça do poeta. Essa técnica fornece um volume à imagem e a preenche com ar, tornando a imagem mais nítida e espetacular. Para nós, que sabemos bem o que acontecerá nos próximos eventos de Pushkin, esse esboço parece ser uma dica da auréola do mártir.

Na tela, Pushkin é descrito como um verdadeiro dândi. Ele é muito elegante, até requintadamente vestido com um casaco de tecido escuro liso, uma camisa branca fervida, da qual apenas um fragmento da gola é visível, e uma capa de chuva luxuosa com um forro xadrez bonito. Na moda daquele tempo, ele foi jogado casualmente por cima do ombro. Uma ampla gravata de seda está presa ao pescoço, cujo brilho suave e acetinado agrada agradavelmente à monotonia dos demais materiais. Fica claro que o grande Pushkin também foi um excelente mod, um dândi.

Mas, acima de tudo, o rosto do poeta atrai a atenção. Apesar de toda a sua feiúra "africana", sua aparência é extraordinariamente atraente, e o artista conseguiu transmitir isso com maestria. Ele tem olhos muito claros e limpos, um olhar expressivo, olhando para longe do espectador e como se estivesse olhando profundamente para si mesmo. Cria-se uma ilusão completa de que, agora, diante de nossos olhos, o grande poeta está pensando em sua próxima composição brilhante, que imortalizará seu nome.

A capacidade do artista de transmitir o geral, sem desconsiderar os mínimos detalhes, impressiona até muitos espectadores modernos que já viram. Vale a pena prestar atenção nas unhas perfeitamente polidas e cuidadosamente lixadas do poeta, que sempre “pensaram na beleza das unhas”, bem como nas mãos brancas, delicadas e elegantes. No retrato, cada elemento é importante, mesmo as magistralmente pintadas células esverdeadas e vermelhas do forro da capa. Os cabelos exuberantes de Pushkin e seus volumosos bigodes encaracolados são igualmente escrupulosamente retratados. A imagem parece tão natural que parece que você pode alcançar e sentir a densidade, elasticidade de um cacho brilhante, bem arrumado e bem arrumado.

Além do revestimento quadriculado da capa do poeta, o esquema de cores da pintura é bastante contido e nobre, sustentado em tons suaves de marrom escuro. No contexto, o rosto do poeta parece muito brilhante, vibrante e expressivo. Sem dúvida, este retrato é uma das melhores pinturas do artista, o retrato mais expressivo de Pushkin e uma verdadeira pérola do museu. Com sua habilidade e talento como pintor de retratos, o artista não apenas criou um retrato incrivelmente preciso e bonito do grande poeta russo, mas também imortalizou para sempre seu próprio nome, preservando-o para a história da arte.


Assista o vídeo: #ИсторияLike. Картина с историей. Портрет. Пушкина Ореста Кипренского (Outubro 2021).